terça-feira, 7 de agosto de 2012

Uma mão de bronze especial








 

Achei esta ideia fantástica!
Basicamente consiste numa pequena mão de bronze estrategicamente colocada em locais de passagem (para o trabalho, escola, casa, ...) com o objectivo de servir de suporte a oferendas.
Sim, sim, isso mesmo. Oferendas. ;) Pode ser uma flor, um papel, uma pena, enfim, o que a imaginação, coração e "espaço" permitirem.
Estou a pensar em fazer algo similar na cidade de Lisboa. Será que no meio do movimento, stress, caos, alguém notaria? ;)
Visto aqui !

2 comentários:

Anónimo disse...

Olá, Paula,

Excelente ideia!

Não pude deixar de me lembrar do poema "Rotina", de Eugénio Andrade. Como seria interessante convidá-lo para este belo apelo.

E depois seria vê-los a passar, a parar e a sorrir, olhando para o lado, como que a perguntar: mas alguém mais está a ver isto?!

Gosto! Quero ver isso na nossa Lisboa!

Mil sorrisos.

AB

Maria Ngan disse...

E vais mesmo ver isto na "nossa Lisboa". ;)
É só encontrar umas mãos de bronze ou algo similar!!!

Beijinhos AB ;)