sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Um pintor encontra a sua inspiração

"Jardim em Flor", cerca de 1866, de Claude Monet

"Terraço em Sainte-Adresse", 1867, de Claude Monet
"Tinha sido em Sainte-Adresse, no Verão anterior, que o pintor descobriu o tema dos jardins, que o acompanhará toda a sua vida. As flores cultivadas, as suas cores e o seu vigor fascinam-no e são um tema que permite o estudo da luz. No Jardim em Flor, o sol absorve a cor da inércia da natureza, que já tinha tido o seu espaço sob o pincel dos realistas. Um vermelho puro irradia, intensificado pelas difusões de cor branca e sobretudo pelo seu complemento, o verde resplandecente. Na tela Terraço em Sainte-Adresse, flores e luz reúnem-se com a principal inspiração de Monet, a água. Datando provavelmente do mesmo ano que Jardim em Flor, ele mete em cena, em primeiro plano, o pai. O processo é menos livre que o das telas parisienses e as personagens, mas também o terraço e o mar, têm algo de estranhamente estático. No entanto, a luz é aí mais bem captada do que em Mulheres no Jardim. Pela primeira vez, o pintor dá colorido às sombras e toma mais liberdade com as flores, pequenos toques brilhantes de cor pura."

Christoph Heinrich in "Monet"

Sem comentários: