terça-feira, 2 de agosto de 2011

O Pintor da Solidão





"A obra de Edward Hopper é sublime na sua visão realista do que se esconde no interior do quotidiano de muitos: solidão e melancolia. As suas paisagens e protagonistas são não só representativos de um estilo de vida americano em inícios do século XX, como reflectem o cenário actual de um mundo contemporâneo em crise."

Sem comentários: