quarta-feira, 18 de novembro de 2009

"Os Sorrisos do Destino"


de Fernando Lopes ( Portugal )
com Ana Padrão, Rui Morisson,
Milton Lopes
Comédia Dramática
93m

Sinopse:
" Carlos é um famoso jornalista de 55 anos. A sua esposa, Ada é ao contrário do marido, uma mulher com uma vida social agitada, alegre e sedutora. Certo dia, Carlos apanha acidentalmente uma mensagem no telemóvel de Ada. Um novo mundo revela-se diante dos seus olhos quando descobre que a sua esposa tem outro homem. Com a ajuda de um amigo com quem vai viver, descobre esse universo de amores virtuais e adultérios electrónicos ... "



No passado Sábado, e na excelente companhia do meu amigo K., fui até ao Monumental ver "Os Sorrisos do Destino".
Irónico, actual, intemporal. Uma pintura divertida das relações do dia de hoje e da 'interferência' das novas tecnologias.
Com o argumento excepcional de Paulo Filipe Monteiro e a partir de uma ideia auto-biográfica de Fernando Lopes, centra-se na história de Ada ( Ana Padrão ) e Carlos ( Rui Morrison ), um casal que atravessa uma crise conjugal quando ele descobre que ela tem um amante, Manuel ( Milton Lopes ), de quem acaba por ficar amigo.
Logo no início do filme, adorei o aviso de que «Qualquer semelhança com a realidade é pura ficção. O real ultrapassa a ficção. »
Hilariante esta clara alusão ao facto de que cada vez mais as pessoas não querem enfrentar a realidade, preferindo as ficções. É mais simples assim ... ou talvez não !


Ao ritmo apaixonante e romântico dos sensuais boleros, assisti a 93 minutos plenos de considerações realistas e analíticas sobre o amor. Sobre o mundo em que vivemos, que é um mundo virtual, de amores virtuais, adultérios electrónicos, sms, telemóveis, em que os afectos e os sentimentos não correspondem aquilo que seriam os romances do Séc. XIX ou XX.
Adorei esta comédia agridoce, imbuída de histórias de amores e desamores.
Pessoalmente, foi um dos filmes que mais gostei de ver este ano !
Também simplesmente espectacular a banda sonora desta fita, composta pelos boleros de Los Panchos.
Enfim, considero-o altamente recomendável, bem como o 'hábito' do meu amigo K. de ir registando no telemóvel 'aquelas frases especiais' ... certamente que irei seguir o exemplo ! ;)

Vejam aqui o trailer:

2 comentários:

ANOITE disse...

Acho interessante a forma como aborda as coisas.Lê-se com agrado.

ANOITE

K disse...

A agradecer a menção... mas fundamentalmente, a tua companhia...

Obrigado por existires

Bj