domingo, 12 de julho de 2009

Origami ... em busca da perfeição !

O papel existe há milénios e desde a revolução da imprensa, tem sido o principal meio de comunicação e de armazenamento de informação.
O origami - ou a arte da dobragem de papel - permite-nos ver aquela matéria-prima como um meio para a expressão artística.
As suas origens são objecto de muita especulação. O que é certo é que as suas formas primitivas são originárias do Oriente - China e Japão - onde a arte era incorporada na vida espiritual.
O origami acabou por chegar ao Ocidente através de várias rotas possíveis, talvez como fazendo parte de um nº de circo. O seu maior desenvolvimento como um acto criativo foi liderado pelo mestre japonês Akira Yoshizawa no Séc XX, que arquitectou novas técnicas e criou um meio de registar as sequências de dobragens usando diagramas.
No Ocidente, Lillian Oppenheimer e Robert Harbin foram os primeiros responsáveis pelo encorajamento da troca de modelos e ideias para origamis a partir da década de 50 do Séc XX.
O origami é hoje em dia uma actividade globalizada, apreciada por pessoas de todas as idades e de ambos os sexos.

2 comentários:

K disse...

Brilhante... as coisas que me fazes ver... :)

Bj

Clara disse...

Fantástico!! Confesso que não tenho paciência para produzir coisas deste género, mas admiro as mãos que o conseguem!

Beijinhos