segunda-feira, 9 de março de 2009

I wish I could clone you ...

3 comentários:

Anónimo disse...

A serotonina que anda a ser segregada dentro da minha cabeça é imensa!... Os sonetos viram a delirios, q por sua vez apresentam-me a mais basica da necessidade do Homem. O Amor!
Este blog anda a subir de nivel são imagens, é a musica,são as palavras. Tenho de aprender a nadar!...G

Butterfly disse...

tuO amor, o amor ... uma encantadora loucura !
Acho lindíssimo o pensamento de Jacques Bossuet quando diz que "O amor é um rio onde as águas de dois ribeiros se misturam sem se confundir" !
Adoraria viver esta deliciosa experiência de confluência , mas para que tal aconteça vai ter mesmo que aprender a nadar ... ou corre o risco de se afogar ! ;)

Digo-lhe também que,sendo uma actividade física bastante interessante e completa, irá conduzir à produção de endorfina, substância que, tal como a serotonina, encontra-se ligada à sensação de bem-estar !
Se bem que no seu caso, parece-me que não padece desse tipo de privação !

Muitos sonetos !!!

K disse...

Brilhantes, Butterfly, brilhantes
;)

Bj