sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Para ver neste fim-de-semana ...

A admirável história do décimo quarto Dalai Lama.

« Em 1937 Tenzin Gyatso, uma criança de dois anos e meio, proveniente de uma modesta família de aldeões tibetanos, foi reconhecida como sendo a décima quarta encarnação do Buda da Compaixão e escolhida para ser o chefe espiritual e político do seu país.

Kundun, que significa " A Presença ", retrata a história verídica dos anos de formação monástica do Dalai Lama desde a mais tenra idade até à invasão do Tibete pelas tropas da China comunista e à sua fuga para a Índia em 1959, onde ainda hoje vive em exílio.

A afeição e dedicação de Martin Scorsese ao líder tibetano está bem patente na forma como retrata a aventura de um jovem que em poucos anos atingiu a grandeza de um líder e que permanecendo sempre fiel aos seus princípios de não-violência conduziu o seu povo através de um dos períodos mais conturbados da sua história. »

Sem comentários: