terça-feira, 5 de agosto de 2008

Podia ter começado melhor ...



Hoje de manhã apeteceu-me fazer algo diferente, e, saudosa que ando da Praia das Maçãs ( adoro aquela praia, o gelo da água, o rebuliço do mar, a fusão entre a serra e o oceano, o ambiente calmo e bucólico, ... ) arranquei no meu bolinhas e rumei até lá.
Olhando pela janela do meu quarto, o horizonte afigurava-se promissor ( nem imaginava o quanto ... ).
Toda contente, fui conduzindo pela Marginal, estrada do Guincho ( não podendo deixar de pensar nas noites quentes e calmas que, muito ocasionalmente, consigo passar no Bar do Guincho, bem como nas suas deliciosas tostas de salmão ) !
Aviso desde já, que hoje o meu discurso e pensamentos estão direccionados para os "pitéus gastronómicos"! ;)
Continuando a subir até à Malveira da Serra, localidade também famosa pela Pizzaria Tiffosi ( na qual aprecio bastante os seus deliciosos pãezinhos de alho recheados com queijo e bacon e a sublime Pizza Veneziana ) o horizonte transfigurava-se em nuvens negras e densas que ensombravam o topo da serra !


Nem consegui vislumbrar o Convento da Peninha ( local de eleição, a par com a Biscaia, quando sinto a necessidade de paz para ler, inspiração para escrever, calma para reflectir ou apenas sentir aquela sensação extasiante perante a magia de uma paisagem única ( ainda mais bela quando conseguimos estar lá à noite ).
Bem, continuei a minha peregrinação ( deixando no meu lado esquerdo a casa da Sofia e o Bar D. Quixote, mais conhecido por Bar do Moinho, ao qual vou com alguma frequência deliciar-me com a paisagem, o ambiente acolhedor e, claro está, os seus maravilhosos batidos de morango ) a cada Km mais desalentada com o mau tempo que se fazia sentir, até que cheguei ao destino.
Estacionei mesmo em frente à praia ( estava completamente deserta ) e constatei que não dava para lá ficar.
O mar estava agitado, tal como gosto, mas provavelmente teria menos frio lá dentro do que propriamente na praia.

Não querendo dar parte da manhã como perdida, e como não estava longe, rumei para a vila de Sintra, mais concretamente até à Piriquita ... imaginem lá com que intuito ... pois bem, 2 travesseiros para adoçar a boca ... Nham, Nham ! ;)

Enfim, regressei à minha terrinha e acabei por ir para a Pastorinha, na Praia de Carcavelos, a 5 minutos de minha casa ! Frustrante ...


Esperemos que o dia termine de melhor forma, até porque vou jantar pela primeira vez ao JARDIM DOS SENTIDOS, um restaurante vegetariano na Praça da Alegria que, acreditando no que me dizem, é muito bom.



Vamos ver ... já andei no site dele a espreitar o menu e acho que vou experimentar 2 das suas especialidades: cogumelos recheados com queijo e espinafres e a Broa de Milho recheada !
Depois conto como foi ! ;)

Sem comentários: