quinta-feira, 26 de junho de 2008

Arquitectura ... Pimba ?




Há certos edifícios na rua que nos fazem parar. São obras tão originais, tão arrojadas, tão provocantes que os nossos sentimentos se dividem entre a admiração e a repulsa. Digam o que disserem são no mínimo controversos e hão-de colher sempre admiradores e detractores, ambos cheios de (sua) razão. Estas situações não são exclusivas de Portugal nem, de resto, de nenhum país e há uns mais permissivos do que outros no que toca à arquitectura. Hoje queria deixar de lado o tom irónico e algo jocoso com que costumo brindar este tipo de imagens (é mais forte do que eu...) e colocar algumas questões; apenas colocar, não responder. Aqui vão elas...

Porque não pode um indivíduo proprietário de um terreno poder construir ali o que quiser dentro dos regulamentos técnicos vigentes? Nesse caso: será correcto haver regulamentos de carácter estético que impendam sobre os projectos de arquitectura? Quem os define e quais as qualificações para o poder fazer? (lembremo-nos das Comissões de Estética de má memória...). Outra: o arquitecto deve verter cegamente no projecto os desejos do encomendador? Ou, pondo a questão ao contrário, pode este pelo facto de pagar o projecto exigir que ele seja feito da forma que ele quer? E por fim: a Arte deve estar junto das massas ou das elites? No caso vertente entenda-se a arquitectura enquanto fenómeno visual e estético.

terça-feira, 24 de junho de 2008

Arte Antiga "Online"





É ao mesmo tempo um museu e uma loja online de arte antiga, artefactos, jóias de colecção e réplicas históricas. Permite a consulta por tipo de obra ( pintura, jóias, cerâmica, esculturas ... ), por período histórico e por preço. Informa ainda sobre as obras mais populares e as novidades. Junto da imagem de cada artigo há uma explicação sobre a sua importância.

segunda-feira, 23 de junho de 2008


Quem foi que disse que a única coisa a fazer com cartão velho é atira-lo para o caixote de papel reciclado?

domingo, 22 de junho de 2008

Vulcões do Hawaii






Frequentemente esquecemos, na comodidade artificial em que nos instalámos, de que vivemos num mundo feito de ar, água, terra e fogo, como o pretendiam os antigos. E quando a Natureza se manifesta não é só em magníficas paisagens e ambientes paradisíacos; é também na fúria dos Elementos. O Hawaii tem as mais belas praias do mundo e também os mais assustadores vulcões, em constante actividade. Na tormenta ou na serenidade, a Natureza consegue ser surpreendentemente bela.

sábado, 21 de junho de 2008

Festival de Balões








Os festivais de balões são sempre surpreendentes. Qual o mais bizarro? Qual o mais original? Longe vai o tempo em que possuiam apenas umas riscas coloridas, como uma bola de praia...

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Body Art de Emma Hack






Escolher um nome a dar à profissão da australiana Emma Hack é tarefa difícil. Ela auto-intitula-se artista corporal, designação que se aplica bastante bem à actividade que desenvolve: pintar corpos humanos. Não apenas meras tatuagens mas visões de ilusão, criatividade, beleza e humor. Actualmente, a artista é mundialmente famosa e os seus trabalhos são requisitados por diversas empresas multinacionais para as suas campanhas publicitárias. E Emma diverte-se imenso com o que faz.

Entre os seus trabalhos contam-se calendários, desfiles de moda, anúncios e publicidade editorial ou espectáculos teatrais, com destaque para a caracterização dos artistas do famoso Cirque du Soleil. A mais recente criação de Emma Hack chama-se Oriental Delights e consiste numa combinação de corpos nus pintados sobre fundos de papel de parede com diversos motivos e animais à mistura. Surpreendente.

terça-feira, 17 de junho de 2008

50 Anos a Strunfar


Os Strunfs ( Schtroumpfs, no original francês, ou Smurfs, em inglês ) fazem parte do imaginário infantil de muitos portugueses e, espante-se, estão a comemorar 50 anos! Os duendezinhos azuis nasceram em 1958 pelo lápis de Pierre Culliford ( Peyo ) e, de personagens secundárias num cartoon publicado num jornal belga, saltaram para livros de banda desenhada e séries de televisão. Nos últimos três anos foram vendidas mais de dez milhões de cópias de CD com temas das suas aventuras. Para assinalar este meio século foi criado um site específico ( http://www.happysmurfday.com ) e várias cidades europeias vão receber actividades alusivas à data. As velas apagam-se dia 23 de Outubro.

Estrunfes No Cinema


A distribuidora cinematográfica norte-americana Columbia Pictures comprou os direitos de adaptação ao cinema dos estrunfes, os famosos gnomos azuis da banda desenhada criada pelo belga Peyo há 50 anos ( 1958 ). O filme, que terá personagens reais interpretadas por actores e outras animadas desenvolvidas em computador, ainda não tem data de lançamento. O produtor detentor dos direitos, Jordan Kerner, chegou a negociar com a distribuidora concorrente Paramount, mas acabou por chegar a acordo com a Columbia.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Construções com Latas






Todos os anos diversos "arquitectos" e "engenheiros" reúnem-se em Nova Iorque para se ultrapassarem mutuamente na construção de ousadas e criativas estruturas feitas com latas de refrigerantes e comida enlatada. Na 13ª edição da Canstruction, assim se chama o evento, os resultados não desiludiram.

domingo, 15 de junho de 2008

Campanha da Adidas para o Euro 2008





A marca de equipamento desportivo Adidas não se poupa a esforços para promover os seus produtos e as campanhas publicitárias que patrocina têm algo de megalómano. Assim foi durante o Euro 2006, realizado na Alemanha, com a construção de um arco sobre uma autoestrada de Munique com uma enorme figura de Oliver Kahn; ou, mais recentemente, na Copa América 2007, quando colocou quatro jogadores gigantes a trocar uma bola entre si. Para o Euro 2008 a parada subiu e figuras colossais foram espalhadas por diversas cidades da Europa em locais cuidadosamente escolhidos. A campanha chama-se Dream Big. Apropriado.

Quem passar por Viena, por exemplo, talvez apanhe um susto ao deparar-se com uma roda gigante com a figura do guarda-redes checo Petr Cech com oito braços, qual deusa indiana! Ou se tiver necessidade de viajar de comboio e se dirigir à estação de Zurique há-de deparar-se com bizarros passageiros de quase 20 metros de altura, de braços dados formando uma roda, representando alguns dos principais jogadores do Campeonato. Não estranhe também se passar por si um camião de transporte de automóveis carregado de enormes chuteiras com as cores dos países participantes.

terça-feira, 3 de junho de 2008

As Caras das Coisas






Com um misto de curiosidade, poder de observação e paranóia q.b. é possível ver caras nas coisas: uma janela lembra um olho; um fecho, um nariz; uma ranhura, uma boca; uma prega de um casaco, um bico... Os objectos inanimados observam-nos com os seus olhos fixos, sem pestanejar. São casas, carros, janelas, contentores do lixo, caixas de correio. De dia fazem-nos sorrir; à noite podem ser particularmente assustadores.